sexta-feira, 26 de março de 2010

DESSALINIZAÇÃO DA ÁGUA DO MAR H20CEAN

Água mineral feita a partir do mar chega aos EUA Moradores de Miami, na Flórida (EUA), poderão a partir do próximo mês entrar em lojas de conveniência da cidade e levar pra casa uma nova garrafa de água mineral, a H2Ocean.

Seria apenas mais uma marca no mercado, não fosse por um detalhe: a H2Ocean é feita a partir da água do mar, com aplicação da nanotecnologia. E mais. O processo foi desenvolvido por brasileiros. A H2Ocean nasceu da experiência de dois cientistas, que começaram a desenvolver a tecnologia de controle de minerais em água dessalinizada.

Isso ocorreu há dez anos. Em seguida, somaram-se à dupla outros dois sócios. Em 2003, eles conseguiram a patente do processo e passaram a bater de porta em porta para tentar comercializar a água. 'Ao longo de dez anos, foram investidos cerca de US$ 2 milhões na companhia', diz Rolando Viviani, gerente de marketing da H2Ocean.
Segundo ele, todas as pesquisas foram feitas com recursos próprios dos quatro sócios. Seus nomes, por enquanto, são mantidos em sigilo.

No início, o objetivo da H2Ocean era vender a água 'nanotecnológica' no Brasil. A empresa alega ter procurado a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 2006 para realizar o pedido de registro do engarrafamento do produto. A resposta teria sido a de que não há legislação específica para que esse tipo de água seja vendido no país por conta da sua fonte: o mar. Procurada, a Anvisa informou que a H2Ocean nunca entrou com um pedido de registro.

A empresa, entretanto, enviou ao Valor fac-símile da página da Anvisa na internet em que aparece o número do processo do registro e do protocolo, em nome de Aquamare Beneficiadora e Distribuidora de Água.

A data de entrada é de outubro de 2006 e o pedido foi negado em março do ano passado. Em dezembro, a mesma Aquamare fez uma segunda tentativa, enviando uma carta à Anvisa em que pedia esclarecimentos sobre o que fazer para obter o registro

A resposta veio quatro meses depois, com a indicação de que a empresa deveria 'importar' uma legislação sobre o assunto. Ao Valor, a Anvisa também informou que 'a empresa interessada na produção (...) de água dessalinizada deve apresentar, preferencialmente por intermédio de uma associação, proposta de regulamentação para avaliação pela Anvisa'.

As dificuldades para se obter o registro no Brasil levaram a H2Ocean a mudar de estratégia. A empresa continua interessada em obter a aprovação da Anvisa, mas decidiu priorizar a busca por novos mercados. A opção foi pelos EUA. 'O registro da empresa saiu em três horas e a água foi analisada em 15 dias.

Nos EUA, conseguimos resolver em três meses tudo o que não conseguimos aqui em quatro anos', afirma Viviani. O Valor, porém, não teve acesso ao registro obtido no exterior.

A venda da H2Ocean começa nos Estados Unidos em agosto, em três estados: além da Flórida, Nova Jérsei e Atlanta. Foram embarcados oito contêineres do produto, feito inicialmente na fábrica de Bertioga, litoral sul de São Paulo. A unidade poderá ser desativada em breve. A produção deve ser transferida para os EUA no fim deste ano.

A nanotecnologia foi o instrumento utilizado pela H2Ocean para transformar a água do mar em água mineral dessalinizada. A água dos oceanos é rica em micro e macro nutrientes, como o boro, o cromo e o germânio - elementos dos quais o corpo humanonecessita, em pequenas doses.

Com a nanotecnologia, a H2Ocean conseguiu, a partir da água recolhida em alto mar, retirar o sal e manter grande parte dos minerais.

Para chegar a esse resultado, os cientistas criaram um filtro com nanotecnologia aplicada, o nanofiltro.O processo inicial é o mesmo que se faz desde a década de 1940:a dessalinização. Depois de retirado o sal, restam duas opções, segundo Viviani: 'Ou todos os minerais são retirados da água ou ela continua salgada'.

Com uma sequência de nanofiltragens, a H2Ocean conseguiu manter 63 dos 86 minerais contidos na composição inicial. Surgiu a água do mar mineral.

Gazeta Mercantil

DESSALINIZAÇÃO DA ÁGUA DO MAR

Cientistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT) desenvolveram um aparelho capaz de transformar pequenas quantidades de água do mar em água potável graças a uma bateria, e de forma muito mais simples que os métodos de dessalinização existentes, publica a revista "Nature".As técnicas de dessalinização usadas atualmente requerem um alto consumo energético e só são eficientes quando envolvem grandes quantidades de água. Por isso, é difícil utilizá-las em regiões afetadas pela pobreza ou por desastres naturais.

O aparelho, desenvolvido por cientistas do MIT liderados por Jongyoon Han, funciona mediante um fenômeno conhecido como "polarização por concentração de íons". Esse processo se produz quando uma corrente de íons circula através de um nanocanal que vai selecionando os íons.

O nanocanal se situa entre dois microcanais por onde circula a água salgada e, quando se aplica uma voltagem ao nanocanal, os íons se concentram em um extremo do nanocanal e se esvaziam no extremo oposto.

Em consequência desse processo, se repelem os íons salinos de água marinha próximos ao nanocanal.Ao transformar um dos microcanais em dois canais próximos à zona de repulsão, apenas a água dessalinizada, que não tem carga iônica alguma, pode atravessar a zona carregada e passar assim a outro canal destinado à água potável.

O método permite eliminar os sais e as partículas de maior tamanho, como as células, os vírus e microorganismos, com tanta eficácia quanto as mais modernas usinas de dessalinização. Folha Online

domingo, 21 de março de 2010

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DA ÁGUA

 "Declaração Universal dos Direitos da Água"
22.03.1992

01
A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente,
cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada
cidadão,é plenamente responsável aos olhos de todos.

02
A água é a seiva de nosso planeta. Ela é condição essencial
de vida de todo vegetal, animal ou ser humano. Sem ela não
poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a
vegetação, a cultura ou a agricultura.

03
Os recursos naturais de transformação da água em água
potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim
sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade,
precaução e parcimônia.

04
O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da
preservação da água e de seus ciclos. Estes devem
permanecer intactos e funcionando normalmente para
garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este
equilíbrio depende em particular, da preservação dos
mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

05
A água não é somente herança de nossos
predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos
nossos sucessores. Sua proteção constitui uma
necessidade vital, assim como a obrigação moral do
homem para com as gerações presentes e futuras.

06
A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem
um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas
vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem
escassear em qualquer região do mundo.

07
A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem
envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser
feita com consciência e discernimento para que não se
chegue a uma situação de esgotamento ou de
deterioração da qualidade das reservas atualmente
disponíveis.

08
A utilização da água implica em respeito à lei. Sua proteção
constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou
grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser
ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

09
A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos
de sua proteção e as necessidades de ordem econômica,
sanitária e social.

10
O planejamento da gestão da água deve levar em conta a
solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição
desigual sobre a Terra. aquecimentoglobal.blogspot.com

ÁGUA SAGRADA DESENVOLVIDA PELA HIERARQUIA ARCANGÉLICA

A Água Sagrada foi desenvolvida pela Hierarquia Arcangélica, os Anjos deram as informações de como formular esta Água para um grupo específico de pessoas espiritualmente conscientes.

A água desenvolvida por estes Místicos, na Turquia,e a muitos Iluminados, fisicamente, no Planeta Terra, tem mostrado, nos estudos em laboratórios científicos, que ela rompe fusões químicas não naturais (criadas pelo homem) e, assim, liberando os componentes para serem usados para outros fins.

A única água disponívvel, atualmente, é a água para uso interno chamada de Água de Meditação. A função desta Água não é para limpar rios, lagos etc. existem várias categorias para o uso desta Água Sagrada que são para o meio ambiente,  setor agrícola, biomedicina, meditação

Cada uma delas tem uma formulação diferente com efeitos e propósitos distintos.Não é pertinente pensar que esta Água Sagrada se propaga e fornece suprimentos infinitos.

Esta Água não é uma água conhecida como água aglomerada (clustered water). Ela tem mais elétrons que a água normal e, por isto, é chamada de água superionizada.

Uma molécula da Água Sagrada tem a metade de uma molécula da água normal, fazendo, assim, com que se torne mais permeável para as células e tecidos permitindo que o corpo assimile essa água melhor do que a normal.Essa Água (para uso inteno de meditação) é usada para energizar o corpo e clarear a mente.

ÁGUA PESQUISA CABALISTA

É muito importante observar como as forças da natureza obviamente
desenharam as estranhas qualidades da água para precisamente prover
as necessidades das criaturas vivas sobre a terra.

O porque da água estar imbuída dessas extraordinárias propriedades para
dar a vida, foi explicado pelos antigos cabalistas cerca de 5000 anos atrás.

De acordo com a Cabalá, a água é um reflexo da expressão física da força
espiritual que existe nos mundos superiores.  Essa força invisível é a
origem e a fonte metafísica para a existência da água (H2O).

De acordo com os cabalistas, a água é a manifestação física da Luz do
Criador Luz líquida De acordo com os antigos cabalistas e físicos, o
mundo real é composto de 10 dimensões.

Como Luz Espiritual se desdobra descendo através dessas 10 dimensões
tornando-se incrivelmente densa, transforma energia espiritual em matéria
física. Esse processo evolucionário é responsável pelo surgimento da água
no nosso mundo físico.

Este segredo Cabalista está revelado no seguinte verso dos escritos do
cabalista Rabbi Isaac Luria no século 16:

"A linha de ligação é como um estreito tubo através do qual a Luz Superior
do Mundo Infinito se estende e é drenada para os mundos inferiores através
do ar e do vácuo".

No início do século 20, o cabalista Rav Yehuda Ashlag explicou que esses
tubos se referem às 10 dimensões que formam a realidade, também
conhecidos como as 10 Sefirós ou 10 emanações.

O vácuo é relativo ao nosso universo físico o qual passou a existir quando
a Energia Infinita do Criador (O Mundo Infinito) se contraiu e criou um
espaço vazio  no qual o nosso universo teria nascido. Essa contração foi a
causa do Big Bang e das origens do nosso universo.

O cabalista do século 16, Rabbi Isaac Luria explicou que a " ÁGUAS DE LUZ
SUPERIOR" se refere à energia espiritual do Criador que existe no Mundo
Superior. Quando esta energia entra pelo "tubo"viajando através das 10
dimensões em direção ao mundo material, ela se torna "gradativamente
menor em seu valor e toma a forma da água". A água incorpora a Luz do
Criador, ela possui propriedades misteriosas que a torna substacial a vida.

Aproximadamente há 4000 anos atrás, os cabalistas afirmaram que a água
possuía todos os segredos da cura, longevidade, regeneração e
imortalidade das células humanas.

Cerca de 400 anos atrás, o cabalista medieval Rabbi Abraham Azulai
explicou que os segredos da imortalidade seriam revelados, no ano 5760
do Calendário Hebraico, equivalente ao ano 2000 no calendário Gregoriano
sobre às misteriosas propriedades da água.

Interessante, muitos séculos depois, o Dr. Alexis Carrel, ganhou o prêmio
Nobel em 1912 pela fisiologia, pesquisas sobre a imortalidade das células. 

O Dr. Carrel afirmou: "A célula é imortal. É apenas o fluído (água) no qual
ela flutua que degenera, renovar este fluído a intervalos regulares, dá às
células o que lhes é necessário para sua nutrição, e pelo que sabemos, a
pulsação da vida pode continuar ali para sempre."

De acordo com os antigos sábios que compilaram textos para a Cabalá e
para o Talmud, o corpo humano está envolto por um campo de energia
chamado Luz Circundante.

Esta Luz se estende 88" (220cm) desde o corpo físico e funciona como
uma camada de ozônio. A camada de ozônio protege as criaturas vivas
da nociva radiação ultravioleta emitida pelo sol.

A Luz Circundante trabalha de uma maneira semelhante, protegendo-nos
como um escudo.Quando nos comportamos com intolerância em relação
aos outros e ou com um comportamento egocêntrico, nós literalmente
provocamos buracos em nossa Luz Circundante, criando aberturas para
o mal entrar em nossos corpos.

2000 anos após os cabalistas terem falado de um campo de energia que
circundava o corpo humano,a Dra. Valerie Hunt, professora emérita da
UCLA, começou a mapear sucessivamente as camadas de bioenergia
através da utilização de equipamentos de gravação eletrônicos de
última geração.

A Dra. Hunt é de opinião que os campos de bioenergia são cruciais na
determinação da boa saúde e na cura, dando eco às opiniões de seus
antigos colegas da Cabalá.

Os cabalistas vão ainda um passo adiante, estabelecendo uma conexão
entre doenças, campos bioenergéticos e água.

A água e a Luz Espiritual possuem a mesma essência De acordo com os antigos ensinamentos da Cabalá e recentesdescobertas da ciência, os campos de
bioenergia que circundam o corpo físico ajudam a proteger, curar e nutrir o indivíduo.

A água trabalha de maneira semelhante, Por exemplo, o fluido amniótico
(água) circunda e envolve o feto dentro do ventre de sua mãe para efeito
de proteção e nutrição. A água, também circunda todas as células do corpo
humano, servindo a um propósito similar ao do fluido amniótico.

A água funciona como um condutor de forma que todos os nutrientes são transportados a cada uma das células do corpo.  De acordo com a Cabalá,
é a qualidade da água que determina o estado e a condição da célula.

ÁGUA SEGUNDO O CABALISTA RAV BERG
O que é conhecido com relação ao fenômeno da água, é sua habilidade de
rejeitar a forte força da gravidade. A água vai procurar o seu próprio nível,
ao passo que todos os outros elementos no universo, incluindo o homem,
estão subordinados e sujeitos à energia da força de gravidade, a qual atrai
todos os elementos, exceto a água, para dentro de sua característica
própria de gravidade. Este caráter constantemente recebe e atrai tudo para
si mesmo.

Nas disciplinas cabalísticas, a água é considerada como possuidora do
traço da energia de compartilhar, similar à força de compartilhar da
Luz de D'us.  A essência da água é a Energia do Criador a qual está
compartilhada e no controle de todos os outros elementos físicos do
universo.  Por exemplo, mesmo uma rocha sólida se rende e cede à
investida de um contínuo gotejar de água apresentando finalmente um
furo.

De um ponto de vista científico, não pode existir dúvidas de que a água
sofreu uma dramática mudança na estrutura de suas propriedades físicas
e químicas. Isto é confirmado por teste independente feito pela UCLA, que
indicou um alto nível de TSD [Totalidade de Sólidos Dissolvidos]

Portanto, podemos esperar concluir, que a água tratada dissolve os
minerais diferentemente , pode ser responsável pela mudança do PH e
outros importantes parâmetros, os quais determinam o nível energético da
água.

O microscópio representa a manifestação da Luz e da Energia do Criador
que essa energia possa ser transferida para o nosso corpo físico pela
energização da água contida nas nossas células.

ÁGUA OS SEUS MISTÉRIOS

As propriedades físicas e químicas da água ainda são um grande mistério
para a ciência.  As qualidades da água é extraordinário, possui algumas
propriedades muito estranhas, se expande quando deveria na verdade se
contrair  e tem o poder de dissolver praticamente qualquer coisa que ela
toque desde que lhe seja dado o tempo suficiente.

Não existe nenhuma substância conhecida que já não tenha sido
identificada diluída nas águas da terra. Sem essa exclusiva qualidade
solvente da água, a vida não existiria porque é a água que transfere os
nutrientes necessários para a vida animal e vegetal.

Uma gota de água de chuva caindo através do ar, dissolve os gases
atmosféricos. Quando a chuva atinge o solo, ela afeta a qualidade da terra,
lagos e rios.Tão longe quanto os químicos possam ir, a água
simplesmente não se comporta da forma como a natureza espera. A
maioria das substâncias se tornam mais densas quando em estado sólido.
Quanto mais densas se tornam, mais pesadas elas ficam. Como resultado,
elas afundam quando em estado sólido. Menos a água.

Quando a àgua se solidifica em gelo, ela se torna na verdade mais leve do
que em estado líquido, o que é sem dúvida um fenômeno muito estranho.
Conseqüentemente, o gelo flutua sobre lagos e oceanos. E isso é uma
coisa muito boa porque camadas de gelo continuam flutuando no topo
das águas quando as temperaturas caem abaixo de zero.

Por que esta inexplicável qualidade se torna um recurso tão importante
da água? Se a água se comportasse de maneira normal, os sete mares e
todas as outras formas de água congelariam do fundo em direção à
superfície. Como resultado, todas as formas de vida que estivessem sob
a água seriam destruídas.

Essas camadas de gelo flutuante também proporcionam um importante
efeito isolante impedindo a água dos lagos de se tornarem mais frias
além de um determinado limite e deste modo, preservando a vida nas
represas.

A água possui uma enorme e incomum capacidade de absorver e
transportar calor. Esta particularidade é crítica na manutenção da
estabilidade das temperaturas sobre a terra, prevenindo grandes
flutuações

Perdendo esta extraordinária qualidade, nosso ambiente se tornaria
extremamente volátil com perigosas ramificações para todas as formas
de vida. Alem de regular a temperatura do planeta a água também regula
a temperatura do corpo humano carregando nutrientes e oxigênio para
as células, articulações, protege órgãos e tecidos, alem de remover os
detritos.

A alta capacidade de aquecimento da água torna possível para as
correntes marinhas carregar o calor de uma maneira bastante eficiente.
Estima-se que a corrente do Golfo carregue uma energia equivalente à
queima de 160 bilhões de quilos de carvão por hora.  O calor carregado
pelas correntes oceânicas na verdade previne a perda da vida marinha
em função das adversas condições de flutuação da temperatura

A água possui um alto ponto de evaporação resultando em transpiração
tornando-se um método efetivo para refrescar o corpo.  Este alto ponto
de evaporação também previne as fontes de água nos trópicos de se
evaporar muito rapidamente.

A água possui um alto valor de tensão de superfície, é a tensão de
superfície que se torna um fator crítico no mecanismo de coagulação do
sangue. Quando você se corta, é o alto valor de tensão de superfície da
água que torna o processo de coagulação do sangue eficiente.

Se a água se comportasse de forma normal ela se tornaria um gás à
temperatura ambiente. Mas ela não o faz. Se o fizesse, isto significaria
que não mais existiriam rios, lagos, riachos ou oceanos neste planeta.

O corpo humano, o qual é composto de 80% de água, se evaporaria.
Nosso sangue seria como fumaça, uma mistura gasosa, e então a vida,
como a conhecemos, simplesmente não existiria.

A água tem uma enorme propriedade de se elevar, o poder de se mover
para cima contrariando as forças da gravidade. Esta ação é chamada de
Ação de Capilar.  Você pode testemunhar a ação Capilar quando a água
se filtra através de uma toalha de papel.

Esta propriedade única é muito valiosa pois ela permite à água subir nas
árvores e plantas trazendo nutrientes do solo. Esta façanha é conseguida
pela ação Capilar.

A água é um excelente condutor de corrente elétrica. A alta condutividade
da água transforma a condutividade dos nervos num sensível e efetivo
mecanismo para o corpo.

As células nos nossos corpos também estão cheias de água. A incrível
habilidade da água de dissolver tantas substâncias permite às nossas
células o uso de nutrientes valiosos e substancias químicas no processo
biológico. O transporte de íons de célula para célula somente ocorre em
função da presença da água.

ÁGUA O LÍQUIDO DA VIDA

A água é igualmente a força espiritual e física da terra e de todas as suas
criaturas. Antigos cabalistas diziam que a água carrega os segredos da
cura, longevidade, vida eterna para a espécie humana.a hidratação
espiritual e física do corpo humano, é a chave para a regeneração das
células e a imortalidade do corpo físico.

A água é composta de hidrogênio e oxigênio. Uma molécula de água
consiste de dois átomos de hidrogênio e um átomo de oxigênio - H2O.
A Terra tem sido chamada com freqüência de "Planeta Água",   

70% da superfície do planeta é Água
70% do peso dos organismos vivos que habitam o planeta é água

Nos dias de hoje, nosso globo tem aproximadamente o mesmo volume
de água que existia por aqui quando o planeta foi formado;na verdade,
a água que você está bebendo hoje pode muito bem conter as mesmas
moléculas da água que os tiranossauros rex beberam cerca de 60 milhões
de anos atrás!

A água é a substância mais comum encontrada na terra e ao mesmo
tempo, a única substância que é encontrada em três estados diferentes:
líquido, sólido e gasoso.

97% água salgada encontrada nos sete mares.
03% água potável.
01% água potável  para o consumo humano,
02% formam as calotas polares.

Mar Morto
O oceano mais salgado da terra,
apresenta 9 vezes mais sal que os demais oceanos

Oceano Pacífico
Maior oceano existente com 166 milhões de Km2.

Mar do Sul da China
Maior mar, possui 3 milhões de Km2.

Lago Superior [EUA]
Maior lago de água potável  o qual mede 82.103 Km 2.

Rio Nilo na África
O mais longo do planeta. o qual percorre 6.670 Km até o mar.

A precisão da distância entre o Sol e a Terra é essencial para a existência
de vida no nosso planeta. Essa distância em particular é necessária, para
que a água exista em todos os seus estados gasoso, líquido e sólido (gelo)
Se essa distância fosse ligeiramente diferente, a terra seria uma rocha sem
vida vagando pelo espaço.

75% do cérebro humano é composto de água
70% da pele que cobre o corpo é água

O corpo humano pode sobreviver até cinco semanas sem se alimentar,
apenas poucos dias sem água! A água é o mais poderoso reagente químico
para a perda de peso, ajuda o corpo a metabolizar a gordura armazenada
no organismo. O aumento de consumo de água na verdade reduz os
depósitos de gordura no corpo. A diminuição no consumo de água em
contrapartida, tem efeito contrário.

Os rins não podem funcionar adequadamente sem um volume adequado
de água. Quando não trabalham de acordo com sua capacidade, parte da
gordura contida nos alimentos é descarregada no fígado. Uma das funções
primárias do fígado é metabolizar a gordura armazenada transformando-a
em energia utilizável pelo corpo.

Se o fígado tem de realizar parte da tarefa dos rins, ele não pode cumprir
seu papel. Como resultado, ele metabolizará menos gordurafazendo com
que mais gordura permaneça armazenada no corpo e a perda de peso então
cessa.   K enviou esta Mensagem

CONSTELAÇÃO DE ÓRION VAPOR DE ÁGUA 20 VEZES MAIOR DO QUE OUTRA JÁ MENCIONADA NA VIA LÁCTEA


Pela espectrometria, através da cor e luz emitida, a água já foi identificada em grande parte do universo, em forma de vapor ou de gelo, na atmosfera de algumas estrelas, nas nuvens moleculares interestelares, em vários satélites de gelo do sistema solar, em cometas e em alguns planetas.

Miranda, uma das luas de Júpiter, é uma grande esfera de gelo. Os anéis de Saturno são formados por partículas de gelo. As sondas Vega e Giotto confirmaram a presença de água no Cometa Halley.

Astrônomos norte-americanos descobriram uma nuvem gigante de vapor d’ água, que seria 20 vezes maior do que qualquer outra já mencionada na Via LácteaA nuvem se encontra na nebulosa de Órion, cerca de 1.500 anos-luz distante do sol.

Segundo os cientistas, a nuvem parece funcionar como uma fábrica de água gigante e poderia ajudar a explicar a origem da água do sistema solar. 

Ela foi detectada por Martin Harwit da Universidade Cornell, e sua equipe, por meio do telescópio espacial ISO, da NASA - EUA.  Medições feitas pelos cientistas sugerem que a nuvem produz, por dia, água suficiente para encher 630 vezes os oceanos da Terra.

Fortes evidências de água líquida na ou perto da superfície da Terra há 4,3 bilhões de anos atrás, foram apresentadas por uma equipe de cientistas da UCLA e Curtin University of Technology em Perth, Autrália no jornal Nature.

T. Mark Harrison, professor de geoquímica na UCLA, acha provável que a vida começou sobre a terra potencialmente por volta de 4,3 bilhões de anos atrás, porque todas as três condições necessárias para a vida existiam naquele momento.

Diz “Havia fonte de energia: o sol; uma fonte de minerais: compostos orgânicos complexos de meteoritos ou cometas; e nossa inferência de que existia água líquida na ou perto da superfície da Terra.

Dentro de 200 milhões de anos após a formação da Terra, todas as condições para a vida na Terra parece terem se encontrado”. Cientistas analisaram uma rocha da Austrália Ocidental que tinha mais de 3 bilhões de anos, com um “ion microprobe” de alta resolução da UCLA – um instrumento que permite aos cientistas datar e descobrir a composição exata dos exemplares.

O “microprobe” lança um raio de íons – átomos carregados – num exemplar, deixando sair dele seus próprios íons, que são analisados num “spectrometer” de massa, sem destruir o objeto. Logo os pesquisadores descobriram que, já que a rocha estava depositada cerca de 3 bilhões de anos atrás, contém grãos de mineral antigos – “zircons” – que seriam muito mais antigos; dois dos “zircons” tinham 4,3 bilhões de anos e cerca de uma dúzia de outros foram encontrados com mais de 4 bilhões de anos. A Terra tem 4,5 bilhões de anos. Portanto as medições sugerem que havia água líquida na superfície da Terra há 4,3 bilhões de anos atrás. De acordo com pesquisa patrocinada pela National Science Foundation e o Center for Astrobiology da NASA.

Planetas próximos ao Sol tendem a evaporar água e, sendo relativamente pequenos como Mercúrio, Marte ou a Lua, não possuem gravidade suficiente para reter esse gás. Assim, foi uma feliz relação entre sua massa e a distância do Sol que permitiu ao nosso planeta conservar toda a água de que dispõe.

De acordo com hipóteses recentes, a Terra formou-se há 15 bilhões de anos atrás, a partir da condensação de uma massa de poeira cósmica, que constituía uma espécie de anel em torno do Sol, supõe-se que a molécula de água já estivesse aí presente, na forma de silicatos e outros minerais hidratados.

Aproximadamente há 4 bilhões de anos atrás, o Globo Terrestre era uma massa incandescente, com o passar dos séculos, o primeiro efeito do resfriamento foi a solidificação das rochas, toda água estava sob a forma de vapor, com o aumento da pressão parte dos vapores passou ao estado líquido, dando origem às chuvas torrênciais de água doce, que junto com o mar cobriram maior parte da terra, este fenômeno ficou conhecido como Dilúvio. Desta maneira surgiram as águas, que por sinal são as mesmas até os dias de hoje; portanto a água é um recurso finito.

Há cerca de 3,5 bilhões de anos atrás nos primórdios da vida na Terra, quando mal cessavam as convulsões telúricas e a imensa fornalha atômica já estava habilitada a receber as sementes da vida: ...o Espírito de Deus pairou sobre as águas - dizem os livros sagrados.

A ciência, por sua vez, acredita que nestes tempos; o vapor d’água resfriava-se e formava nuvens de tempestade - chovia incessantemente em nosso planeta - a água da chuva caia sobre a crosta terrestre ainda muito quente e tornava a evaporar-se, formando novamente imensos temporais com raios e trovões.

Com o passar do tempo, parte das águas de chuva já não evaporava tão rapidamente porque a superfície terrestre foi se resfriando e nas depressões da crosta terrestre, apareceram acúmulos de água que deram origem aos mares primitivos de água salgada. 

K enviou esta Mensagem

ÁGUA VIDA INTERDIMENSIONAL

Neste momento vamos dar-lhes mais informação sobre uma das substâncias
mais curativas conhecidas dos humanos, acontecerão mais curas pela água
nos próximos anos do que em toda história humana. Falamos este tema anteriormente mas dissemos só uma pequena parcela do que desejávamos.

Quando, nos anos anteriores, falamos das essências vivas... Falávamos da
água. . A água está acompanhando a vida interdimensional. A própria
atmosfera do seu planeta contém vida interdimensional, formas de vida que
vivem no ar e na água. São interdimensionais e não podem ser vistas.

A ciência começará a descobrir anomalias a esse respeito. Até os incrédulos começarão a dizer brincando que pode haver vida interdimensional, coisas
que não podem ser vistas, mas que, por definição, devem estar vivas.

Determinados tipos de tratamentos pela água, tanto os naturais como os que
usam o magnetismo, a química, e a ativação das mudanças estruturais
atômicas, afetam a vida interdimensional. Isto, em conseqüência, muda os
atributos da vida.

Quando é ingerida por um ser humano interdimensional, esses atributos da
vida da água interatuam com a água do seu corpo. Compreende o que estou dizendo? É tempo de entenderem por que isto acontece. Verão que a
química enriquece um pouco a água, mas permitam- me dizer-lhes que há
muito mais aí do que podem ver.

A palavra “homográfico” foi mencionada hoje (pelo Dr. Todd Ovokaitys), mas
também é muito mais que isso. Ao dirigir a água magnéticamente vocês na
verdade, mudam a vida que ela contém, o que muda a reação dentro dos
seus corpos à mesma.  De fato tocam a interdimensionalidade de determinado
tipo de vida que existe na água, entendam que esta vida interdimensional não
é como a sua, é interdimensional. 

Tal como a sociedade com a Terra, a água está aí para ajudar no equilíbrio
da humanidade quando os humanos o reconhecerem! Assim, a água se
converterá num atributo de cura no planeta.

Há água que brota da Terra em três lugares, descobertos no planeta, que
contém alguns atributos de interdimensionalidade. Por conseguinte, tem
poderosos efeitos curativos no corpo humano. Sim, realmente há uma
fonte da juventude.

Talvez a sua reputação tenha sido exagerada, mas há água que atrasará o
processo do envelhecimento! Funciona desta forma fora do solo devido a magnetismo específicos da área de onde provêm, durante o percurso que
percorre até brotar na superfície.

Há vida interdimensional na água, que anda de mãos dadas com a vida
celular interdimensional do seu DNA. Realmente mudará algumas
impressões, alguns conjuntos de instruções e algumas formas de como
funciona a sua biologia.

Novamente estou falando do seu relógio interno. Isto é só o princípio de
uma explicação que estamos desenvolvendo para vocês, coisas que não
poderíamos ter dito em 1999 ou antes, já que a vibração da sua aceitação
não estava suficientemente alta. Sim, existem pessoas nesta sala que
entenderão perfeitamente o que está sendo dito. Está bem diante dos seus
narizes, para complementar e curar o corpo humano. Por isso, tem estado
sempre ali. Aqueles que entendem a vida interdimensional na natureza,
nas rochas e nas plantas, sentiram estas formas de vida

K enviou esta Mensagem

sábado, 20 de março de 2010

PEDRAS RESPIRAM C02

Cientistas descobrem que para elas o gás carbônico é vital e planejam acelerar esse processo de absorção para aliviar a poluição

A natureza surpreende a ciência. Alguns gases, para nós, são a morte. Esses mesmos gases, para pedras e rochas, são a vida - e funcionam como alimento essencial para o seu crescimento. Essa é a constatação de cientistas americanos da Universidade de Colúmbia que acabam de descobrir o potencial de determinadas cordilheiras conhecidas como peridotito, ricas nos minerais olivina e serpentina - elas absorvem, porque precisam absorver para sobreviver, enormes quantidades de gás carbônico (CO2), o principal causador do efeito estufa.

Melhor do que isso, novamente para nós, é saber que o mundo está repleto dessas rochas e pedras. Em um amplo mapeamento feito na semana passada, os pesquisadores apontam que só nos EUA são 15,5 mil quilômetros de peridotitos que "respiram" toneladas de CO2. Em outros lugares do mundo como as ilhasdo Pacífico, Grécia e Arábia existem aproximadamente 46 mil quilômetros desse material geológico. Somente em Omã, por exemplo, uma área do tamanho do Estado de Alagoas é ocupada por peridotitos que, antes de chegarem à superfície, crescem sob a crosta terrestre alimentando-se de nossa poluição - e dela precisando.

O estudo foi publicado na revista americana PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences) e já está sendo indicado por muitos cientistas como uma das prováveis alternativas ao aquecimento global. Segundo eles, o fenômeno começa na região conhecida como manto terrestre, isso a 20 quilômetros de profundidade. Ali, quando a rocha está em fase de crescimento, algumas lascas de peridotito se desprendem e são empurradas pela pressão dos gases internos para a crosta terrestre, absorvendo o gás carbônico que reage com os minerais. Forma-se então um carbonato sólido tal como mármore ou calcário. Naturalmente, esse processo absorve cerca de 100 mil toneladas de poluentes por ano. "Isso é pouco para ajudar o planeta, mas podemos fazer com que muito mais CO2 seja absorvido", diz o coordenador do estudo, o geólogo Sam Krevor.

Em laboratório, ele e sua equipe aceleraram esse processo moendo rochas e acrescentando um catalisador (citrato de sódio) para dissolvê- las. "Imediatamente as rochas voltaram a se formar e tudo aconteceu em questão de minutos com a absorção do gás carbônico", diz Krevor.Para que esse ambicioso plano dê certo, os cientistas sugerem a perfuração do solo e a injeção de água quente com gás carbônico pressurizado. A ideia é armazenar em cilindros, por exemplo, o gás poluente de uma indústria e, então, pressurizá-lo. O calor acelera a reação, fraturando grandes volumes de rochas, forçando-as sucessivamente a reagir com mais água enriquecida com CO2.

Os cientistas afirmam que as pedras localizadas em Omã podem absorver anualmente algo em torno de quatro bilhões de toneladas do carbono que estão na atmosfera - uma parte substancial dos 30 bilhões de toneladas emitidos sobretudo pela queima de combustíveis fósseis. Entupir o interior da Terra com poluentes, formando um aterro de CO2 pode, no entanto, gerar problemas que são ressaltados pelos próprios pesquisadores. Com a formação de grandes quantidades de sólidos no subsolo corre-se o risco de se produzir fendas que darão origem a pequenos terremotos. Como tudo na natureza, há prós e contras. E não é diferente com a formação de pedras, rochas e cordilheiras específicas que precisam de gás carbônico para existir.

A revista americana Science divulgou na semana passada um estudo coordenado pela Universidade de Leeds, na Inglaterra, afirmando que a seca de 2005 na Amazônia teve um impacto de cinco bilhões de toneladas extras de dióxido de carbono na atmosfera - o que supera as emissões anuais da Europa e do Japão. Segundo os cientistas, o fenômeno excepcional reverteu drasticamente o processo de absorção de carbono pela floresta, que vinha ocorrendo há pelo menos 25 anos e auxiliava na redução dos efeitos das mudanças climáticas. A Amazônia absorve anualmente dois bilhões de toneladas de dióxido de carbono. Devido à morte de árvores, alerta a pesquisa, a seca de 2005 fez com que essa quantidade de gás permanecesse na atmosfera. E ainda levou a floresta a gerar três bilhões de toneladas extras de poluentes 
Ivana Maria, enviou esta Mensagem